O COVID-19 pode ter criado uma nova maneira de nos comunicarmos e criarmos relações com alunos de academias, estúdios e boxes.

Se eu perguntasse para você em janeiro de 2020 como estaríamos em março deste ano, provavelmente as respostas seriam: vendendo mais planos, aumentando minha academia, montando treinos, melhorando o relacionamento com meu aluno, entre outras respostas. Mas aposto que não passou na cabeça de ninguém desse planeta que estaríamos em quarentena em um problema global.  

Pois é, estamos vivendo um problema sem precedentes, mas que terá impacto em todos os setores do mundo, inclusive na parte da comunicação. Pensando o lado positivo, todos os grandes momentos de dificuldade no mundo serviram como ponto de transformação e mudanças que levaram a outras mudanças esinceramente, agora não será diferente.  

O nosso mercado é feito de muito contato físico, professores presentes em aulas coletivas, recepção sempre com pessoas passando o dia todo ede repente, nos vimos sozinhos em casa, com os alunos longe, correto? Em partes! Vamos olhar as coisas por outra ótica, vamos pensar em quanto a tecnologia proporcionou que isso tudo não virasse um grande pânico e que a luz no fim do túnel não pudesse ser vista.  

Estamos em 2020 e passamos por uma década onde a comunicação deu um salto de anos e estamos conectados mesmo que sem contato físico, sem a presença. Quando viajamos ou moramos longe da família falamos por vídeo mensagem, temos 4G nos celulares e mandamos mensagens por WhatsApp que são recebidas no mesmo momento. Enfim, estamos conectados de maneira plena (às vezes até demais).  

 

Comunicação durante a pandemia  

Se você entrar neste exato momento no Instagram, você verá no mínimo uma live acontecendo. (É provável que veja inúmeras). Seja de um famoso ou não, as pessoas estão se conectando, se manifestando e fazendo coisas por meio da tecnologia. E podemos dizer que ela está salvando as pessoas, já que temos informação, entretenimento e possibilidades de melhorar a nossa saúde física e mental.  

Podemos ver lives entre amigos, simulando mesa de bares, mães vendo filhos, filhos vendo pais, enfim, é bonito de ver que apesar de estarmos tão distantes, podemos estar perto. E posso te falar uma coisa? Como nós do mercado fitness somos privilegiados!  

O contato físico nunca será substituído. Aulas, conversas e carinho não podem ser substituídos por telas, mas durante este período estamos aprendendo a nos comunicar digitalmente, transformar este meio numa maneira de contato e aquecer o coração de alguma maneira. é provável que isso nunca termine. Não a pandemia, claro, mas a forma de nos conectarmos.  

 

O mercado fitness e seu maior aliado durante este período  

 

Contra ou a favor da tecnologia, uma coisa é fato: COMO TIVEMOS QUE NOS ADEQUAR EM TÃO POUCO TEMPO!  

Com as academias fechadas, as aulas tiveram que ser transferidas para plataformas online, os murais substituídos por SMS ou mensagem no WhatsApp, comunicados tirados da recepção para serem enviados por e-mail. Tivemos que estar lá nos espaços digitais. Afinal, é a única opção no momento.  

Vamos mudar o prisma da coisa toda e pensar que tivemos e temos um grande aliado durante este período. Já imaginou se não existe um app de aulas, um SMS para mandar mensagem, uma ferramenta de videoconferência para darmos aulas à distância? Com certeza o mundo ficaria mais doente e o mercado fitness estaria fadado a desaparecer em poucos meses.  

Amigos, sei que a situação é péssima, pessoas estão adoecendo, perdendo o emprego, morrendo, mas, o quanto estamos aprendendo neste momento? O quanto estamos vendo o valor de engajar um aluno, de falar com ele por meios digitais e reinventar treinosmovimentos etc. Saímos do papel de treinador, educador e fomos para de aluno também.  

Somos alunos aplicados, que conseguem ser resistentes à dor, adversidades de tempo, condição etc. E saímos com músculos e mentes bem mais fortes. E NESTE MOMENTO NÃO VAI SER DIFERENTE 

 

Estamos juntos nessa, aprendendo, ensinando e nos movimentando dentro dos espaços pequenos. Aprendemos que a tecnologia (que é a nossa paixão) ajuda a fazer o coração bater mais rápido e saudável.  

Nós do EVO somos aqueles que veem a luz, as possibilidades. Realistas? Sim, porém a esperança da conexão humana é o que faz com acreditamos na tecnologia como o maior meio delas 

Recomendamos para você:  Descubra como calcular o valor dos planos e preços de sua academia