Saiba o que você precisa levar em consideração na hora de adequar os preços e planos de sua academia diante do novo cenário

Introdução

Com quase dois meses de isolamento e distanciamento social ocorrendo em quase todo o país, o Mercado de Fitness se viu frente a uma necessidade inevitável de reinvenção.

Num primeiro momento, até por uma questão de instinto de sobrevivência, a saída apontava para uma única solução: oferecer aulas, treinos e orientações online, por meio de plataformas digitais e auxílio de tecnologia.

Algumas academias já familiarizadas com este processo saíram na frente, colhendo bons resultados e conseguindo manter um vínculo forte com o cliente.

Porém, o que parecia ser uma solução provisória para um período de emergência, está durando muito mais do que o previsto inicialmente – e o que é pior: com o desencontro de informações, ninguém sabe ainda por quanto tempo isso vai durar.

Ou seja, temos diantes de nós um novo cenário para ser trabalhado.

E a pergunta que mais tem se repetido na cabeça dos gestores de academia é: como trabalhar os planos e preços diante desta nova realidade?

Este é o assunto que vamos abordar neste artigo, continue lendo.

Entendendo sua academia diante do cenário atual

O que mais tem chamado atenção nas academias que relatam “cases” de sucesso e superação neste primeiro momento tem muito a ver com o comportamento do gestor perante a crise.

O gestor que, de forma consciente, uniu o time e traçou estratégias para chegar ao seu cliente por meio dos recursos digitais, conseguiu salvar uma parte considerável da sua receita.

E isso se deve também ao fato de que, apesar de tudo, as pessoas sentem a necessidade de praticar atividade física com qualidade, boa orientação e cuidado.

E foi isso o que motivou alguns alunos a continuar vinculados a estas academias, ao invés de economizar este dinheiro, usando os milhares de treinos online gratuitos que surgiram neste momento.

Por isso, é muito importante dizer que ainda existe uma demanda de alunos por atividade física orientada, a questão é se adaptar ao modelo ideal.

O que inclui, neste momento, estar preparado, dependendo de onde está localizada a sua academia, para reabrir as portas.

Vale a pena reabrir as portas diante do cenário de insegurança?

Está é a pergunta que tentamos responder em nosso último Webinar (você pode assistir na íntegra aqui), partindo do pressuposto que em sua região, você pode voltar a funcionar.

A questão, primeiramente, é: lidar com a insegurança do seu cliente no momento de retorno.

É fundamental que você esteja preparado para receber os seus alunos neste momento, transmitindo a ele toda a confiança necessária para voltar a treinar.

E para fazer isso, é preciso levar em consideração dois aspectos:

  1. Sua estrutura física: É preciso se adequar a todas as novas regras de higiene e segurança, cuidando do devido distanciamento dos equipamentos, além de disponibilizar álcool em gel e de preferência, informações relevantes para o seu aluno se sentir seguro.
  2. Sua equipe: é fundamental que exista um alinhamento de sua equipe, que todos compreendam a necessidade de usar os equipamentos de proteção e segurança, como máscara e luvas, além de manter uma boa distância dos alunos.
Recomendamos para você:  Compreenda melhor o cenário com este Glossário da Pandemia

Com isso, você se torna apto a receber os seus alunos em sua academia, transmitindo a eles a confiança necessária para continuarem treinando contigo.

Aqui, chegamos ao “x da questão”, que são os pontos principais deste artigo: qual o valor cobrar deste aluno? E quais os planos oferecer?

Continue lendo para ver como pretendemos abordar estas questões.

Dê um passo de cada vez na relação com o seu aluno

No cenário anterior à pandemia, os planos mensais, cobrados no débito recorrente, já vinham se tornando atrativos para as academias, por algumas razões:

  • Diminui a barreira de entrada
  • Favorece a venda online
  • Dá mais liberdade ao cliente
  • Elimina o esforço no momento da renovação

A grande questão de se trabalhar com planos mensais cobrados no débito recorrente, era que a permanência do aluno dependia bastante da qualidade do serviço que era entregue.

E isso, a partir do momento em que as academias reabrirem no atual cenário, será ainda mais necessário.

Ou seja, as academias terão que trabalhar no “mês a mês” a confiança dos alunos para mantê-los fidelizados.

Faça um estudo profundo do quanto cobrar daqui para frente

Tudo aponta para um encarecimento nos custos da operação de uma academia de ginástica, com readequação de espaço, diminuição na ocupação, etc…

Ao mesmo tempo, você não vai poder repassar estes custos ao seu aluno, que provavelmente está sofrendo com cortes em sua remuneração.

Então, o seu cuidado ao definir o preço de seu serviço deverá ser cirúrgico, para ao mesmo tempo estar adequado ao que os seus alunos podem pagar e ao mesmo tempo, não te dar prejuízo.

Uma das medidas que mais parece fazer sentido é reduzir a sua operação, neste momento, ao mínimo necessário.

Isso significa, num primeiro momento, definir quem no seu time é essencial neste momento para atender a atual demanda. E para isso, você precisa estar bem assessorado e utilizar as medidas aprovadas pelo governo neste momento.

Vale também negociar com o proprietário do seu imóvel, no caso de ser alugado e contar com a compreensão de todos os fornecedores.

Assim, com o seu custo redesenhado, você consegue chegar próximo de uma estimativa de preço para o seu serviço.

Conheça a opinião de especialistas

Este assunto é tão sensível para nós, que foi tema de um Webinar, mediado pelo Paulo Akiau, presidente de nossa organização, um empreendedor nato, presente no Mercado de Fitness há mais de 30 anos.

Ele convidou 4 gestores de academia, de lugares diferentes do Brasil e com modelos de negócio distintos, para compartilhar sua experiência e dar dicas práticas de estratégias que estão aplicando em seus negócios, com excelentes resultados.

Você pode clicar aqui para acessar o conteúdo destes especialistas e colocar em prática na sua academia.

E se tiver alguma dúvida a este respeito e quiser uma consultoria sobre como o EVO pode te ajudar a ter os melhores planos e preços para seus alunos nesta retomada, entre em contato com o nosso time, teremos muita satisfação em dar esse tipo de orientação.