No dia do treinador de futebol, saiba o que tem em comum a loucura da vida do gestor com essa profissão tão comentada e falada no país do futebol 

Existe uma frase que você já deve ter ouvido, que diz o seguinte: “No Brasil, temos mais de 200 milhões de treinadores de futebol”.

Isto porque, em tempos de Copa do Mundo, o grau de envolvimento da população é tamanho, que todo mundo acha que sabe tanto quanto ou mais que o próprio treinador da Seleção Brasileira. 

Inclusive, na época da última Copa do Mundo, eu escrevi um artigo sobre o que o gestor de academia poderia aprender com as Seleções que tinham sido eliminadas.  

Bom, este artigo é uma reflexão sobre o quanto nós realmente sabemos sobre aquilo que nos propomos a fazer e o quanto nos comportamos de forma amadora e apaixonada. 

Falando em paixão, com uma certa dose de loucura, vamos ver também o quanto de treinador e o quanto de “torcedor” existe no papel do gestor de academia nos dias de hoje. 

Vamos lá? 

Para ser gestor de academia é preciso ter sido professor de academia? 

Esta pergunta é a primeira provocação na relação entre gestor de academia e técnico de futebol. 

Afinal de contas, existe uma “lei não escrita” que diz que para ser técnico de futebol, o profissional precisa ter sido jogador de futebol. 

Não há dúvida de que ter vivenciado o ambiente do futebol, o vestiário e o dia a dia da profissão na pele de alguém que você passará a comandar, só ajuda. Isso contribui para criar uma empatia com o jogador, algo fundamental na hora de passar as ideias e estratégias. 

Porém, o que acontece é confundir que contribui ter sido jogador de futebol, com “basta ter sido jogador”

Da mesma forma, ter sido professor de ginástica, musculação, natação ou qualquer outra modalidade de academia agrega à rotina de um gestor, mas é preciso ter em mente que, quando você “passa para o outro lado do balcão”, o que precisa saber para exercer sua função vai muito mais além do que comandar uma classe. 

Vamos ver a seguir duas premissas que precisam estar claras na vida do gestor de academia hoje em dia – e de quem pretende se tornar gestor algum dia. 

Ser gestor de academia é completamente diferente de ser professor 

Por mais que possa parecer óbvio, isso é algo que precisa entrar, de forma definitiva no mindset do profissional que está num cargo de gestão. 

Ou seja, vale para o proprietário de academia, mas também para o gerente ou coordenador. 

É preciso entender que o gestor de academia tem responsabilidade com o resultado sistêmico da operação, por isso, não basta o conhecimento específico que o profissional de Educação Física recebe para exercer as suas funções. 

Aliás, se o valor do que é ensinado nas faculdades para a formação de um bom profissional de Educação Física já é questionado, quando estamos falando da transição para gestor de uma academia, isso pode ser multiplicado. 

O que significa, antes de tudo que: todo profissional de Educação Física que pretende se tornar gestor de academia precisa ter em mente que vai precisar se qualificar, por meio de cursos, estudo, livros ou vivência, para realmente fazer esta transição

Que é justamente o que se vê acontecer muito pouco na vida dos treinadores de futebol no Brasil, que param de jogar e já “assumem” cargos de treinador, acreditando que o conhecimento adquirido jogando futebol já basta. 

Este mindset cheio de crenças ultrapassadas nos leva à segunda premissa que falamos lá atrás, que precisa estar clara na cabeça de quem pretende se tornar gestor de academia. 

A era do amadorismo ficou para trás – e isso é maravilhoso! 

É preciso, aqui, explicar que não existe nada de errado em amar aquilo que se faz

Pelo contrário, isso é ótimo! 

Porém, isso não pode ser desculpa para não se dedicar de forma incansável a melhorar e se tornar um profissional naquilo. 

Em outras palavras: só o amor não basta. 

Não basta ter amor pela profissão. Transformar a vida de pessoas é mágico e gera este efeito meio inebriante no profissional de educação física, mas estamos falando em gestão de academia. 

Isso significa resultado. 

Ou você acha que o aluno de sua academia que te ama como professor (se for o seu caso) e como dono, que leva presentinho no Dia do Profissional de Educação Física e no Dia do Professor, vai continuar te amando se deixar de ter resultado em sua academia? 

Ou ainda: se você não estiver atento a todos os aspectos de gestão em sua academia, que vão desde fluxo de caixa a conhecimentos mínimos dos direitos trabalhistas, você corre o risco de ver o seu negócio afundar silenciosamente numa areia movediça – e quando se dá conta, pode até ser que você tem uma academia cheia, dando prejuízo. 

Por isso, é preciso cada vez mais buscar conhecimento e profissionalizar a sua gestão. 

Quer umas dicas de como fazer isso? 

Está cada vez mais fácil acessar o conhecimento, vá atrás! 

Com a chamada Era Digital, nunca esteve tão fácil chegar ao conhecimento que você precisa para se tornar um bom gestor de academia. 

Na verdade, às vezes nem é preciso ir atrás do conhecimento, ele parece invadir sua caixa de e-mails e suas redes sociais. 

Aqui no EVO,  nós nos dedicamos a produzir material educacional para o mercado, colocando no ar, mensalmente, material relevante para a sua gestão. 

Inclusive, um bom exercício para você poder verificar o seu conhecimento de gestão é fazer uma demonstração do EVO com um de nossos especialistas em gestão

Passeie pelo sistema, descubra o que ele tem para oferecer à gestão de sua academia, deixe sua curiosidade ser despertada e encare essa jornada de se tornar um excelente gestor de academia. 

Uma outra dica é indicar dois artigos do nosso blog, que tratam de questões muito pouco comuns ao dia a dia do profissional de Educação Física. 

Um é sobre DRE, você sabe do que se trata? Então, neste artigo, com um vídeo incluído, você vai conhecer esta peça fundamental no dia a dia da gestão de sua academia. 

O outro artigo é sobre Centro de Custos, escrito pelo nosso head de operações, Peter Thomas, que fala sobre a importância disso na gestão de sua academia. 

E além do nosso blog, tem também o nosso canal do youtube, com vários vídeos, aulas gratuitas, webnars, lives e tudo o que você precisa para saber mais sobre gestão de academia. 

E já que eu te dei o “caminho das pedras” para o nosso blog, você vai perceber que lá existe muita coisa para você matar sua sede de conhecimento por gestão. 

Mas, saiba que isso é só o começo… 

Compre cursos online, frequente eventos, participe de palestras! 

Quem é um gestor mais “raiz”, deve saber que antigamente, eram raras as oportunidades de ir a eventos onde se falava de gestão de academia. 

Hoje, estes eventos como a IHRSA e Congressos de Gestão, como o Congresso Internacional de Gestão da Alliance Fitness, continuam sendo praticamente “parada obrigatória” para o gestor de academia que busca conhecimento. 

Além dos chamados “eventos presenciais”, você pode também comprar cursos online muito bem referenciados e que têm feito muitos gestores mudarem do patamar do amadorismo para a profissionalização. 

Fico muito à vontade para citar dois. 

Um deles é a Escola Online de Gestão Fitness, que foi a evolução para o digital do Curso de Formação de Gestores de Academia que era fornecido de forma presencial pela FMS, no Brasil todo, do qual eu fiz parte por mais de 10 anos. 

Contando com os principais nomes do mercado, você tem acesso a conhecimento suficiente para conhecer o que precisa para gerir a sua academia.  

O outro, com mais foco no Marketing Digital, mas que contempla diversos outros aspectos da gestão de academia, é o Fitness Digital, do Júnior Crocco, um pioneiro em Marketing Digital no segmento de Fitness. 

Ou seja, ficou claro que agora só depende de você começar a praticar uma gestão mais profissional em sua academia, certo? 

O que você está esperando? 

Conclusão 

Em 2019, quem gosta de futebol no Brasil, assistiu a uma verdadeira revolução, quando dois técnicos de fora vieram e chacoalharam a nossa estrutura e mostraram uma outra forma de se jogar futebol, inclusive, com ótimos resultados! 

Isso significa que nenhum técnico brasileiro presta? 

Não. 

Significa que os técnicos brasileiros, se quiserem continuar competitivos, precisam aprender, e muito, com quem mostrou que existe como jogar bonito e vencer. E o mais importante: tanto o técnico do Flamengo, quanto o do Santos, chegaram a este patamar buscando conhecimento e agregando elementos profissionais e de tecnologia à sua profissão. 

Que é exatamente o que nós sugerimos que você faça: busque conhecimento e tecnologia, a gestão da sua academia certamente alcançará um outro patamar. 

E conte com o EVO para garantir a melhor performance em vendas e meio de pagamento para a sua gestão, pois 2020 é um ano para você ganhar de goleada! 

 

Recomendamos para você:  Como se preparar para fazer um planejamento de 2020 matador para a sua academia